16 lugares para conhecer em Santiago do Chile

Se você quer viajar para o Chile e está procurando algumas dicas de lugares para conhecer…você chegou no lugar certo! Neste post nós vamos listar 16 lugares imperdíveis em Santiago. Confira essas dicas e comece a montar seu roteiro para conhecer essa cidade apaixonante 😍

 1. Palácio de La Moneda

Este palácio é a Sede do Governo Chileno e recebeu este nome porque antigamente era uma fábrica de moedas. Você pode fazer visitas gratuitas, que podem ser agendadas neste link.  A troca da guarda no Palácio de La Moneda também é um programa gratuito que é muito tradicional! A cerimônia acontece em dias alternados.

As datas da troca da guarda do Palácio de La Moneda em 2018 são:
– Junho | Julho | Setembro | Outubro – Troca da guarda acontece nos dias pares
– Abril | Maio | Agosto | Novembro | Dezembro –  Troca da guarda acontece nos dias ímpares

2. Paseo Banderas

Esta rua está sendo usada somente para o trânsito de pedestres desde 2013 por causa das obras de construção da Linha 3 do Metrô. Em dezembro de 2017 foi inaugurado nesta rua o maior mural de chão do mundo! Ou seja, o chão da rua toda foi pintado com diversas cores, o que  transformou o Paseo Banderas em uma atração imperdível para quem gosta de arte urbana!

A Pri, minha cunhada, foi conhecer o Paseo Banderas em Janeiro e ficou encantada com as cores!

3. Museu de Arte Precolombino

Este museu é o centro arqueológico mais importante do país. Nele são expostas artes e peças dos habitantes ancestrais de toda América do Sul e Central. Também há uma exposição permanente sobre os diferentes povos que habitaram a área que hoje conhecemos como Chile. A entrada custa 4.500 pesos chilenos e o funcionamento é de terça a domingo, das 10h até as 18h. No primeiro domingo do mês a entrada é gratuita. Para mais informações, consulte o site oficial.

4. Plaza de Armas

É principal praça de Santiago do Chile e é considerada “coração da cidade” desde sua fundação em fevereiro de 1541. Ao redor da praça estão alguns edifícios históricos, como o Prédio dos Correios, a Catedral Metropolitana e o Museu Histórico Nacional. É um lugar arborizado e agradável para sentar e apreciar o movimento e a belíssima arquitetura.

5. Museu Nacional de Bellas Artes

Este museu foi criado para reunir as obras de arte que estavam espalhadas pelos órgãos públicos chilenos. Hoje em dia ele conta com exposições permanentes e temporárias, incluindo uma coleção de mais de 5.000 obras, dentre pinturas, esculturas, fotografias, etc. O funcionamento é de terça a domingo das 10h às 18:45h e a entrada é gratuita. Mais informações no site oficial.

6. Parque Florestal

É um parque muito agradável para passear, caminhar ou até praticar exercícios. O Museu de Bellas Artes fica na verdade dentro do Parque Florestal, então você não terá dificuldade de encontrar este parque para um passeio depois de visitar o museu.

7. Cerro San Cristobal

Esta é uma das atrações mais famosas de Santiago do Chile. Está situado no Parque Metropolitano de Santiago e no alto dele há uma grande escultura de Nossa Senhora da Conceição, que pode ser avistada de vários pontos de Santiago. As melhores maneiras para subir até o topo são o funicular (uma espécie de trenzinho) e o teleférico, embora também exista a possibilidade de subir a pé, de bike ou de táxi. A visão de Santiago lá do alto é maravilhosa!

8. Patio Bellavista

Este lugar é uma espécie de “shopping a céu aberto” onde você pode encontrar bons restaurantes, bares, e até algumas lojas (principalmente de artesanato). O Patio Bellavista fica bem  próximo de uma das subidas para o Cerro San Cristóbal. Por lá,você pode encontrar boas opções de almoço executivo com boa qualidade e preços razoáveis. É um ótimo lugar também para ir de noite e beber algo ou jantar. Você pode descobrir mais informações sobre os restaurantes e lojas de lá entrando no site oficial do Patio Bellavista.

9. La Chascona

La Chascona é uma casa em forma de navio onde Pablo Neruda viveu com sua terceira mulher até 1973. É muito próxima do Cerro Sán Cristobal…por isso é muito fácil conjugar uma visita a La Chascona no dia que for visitar o Cerro.

10. Cerro Santa Lucia

Um cerro é um terreno com certa altitude, ou seja, um morro. Este cerro é mais baixo que o Cerro San Cristobal, mas também possui uma vista privilegiada de Santiago. A entrada é gratuita e este cerro é composto por lindos chafarizes, pequenas construções, jardins bem preservados e até um mirador de onde você pode ver a cidade do alto.

Cerro Santa Lucia em Santiago do Chile - Viajando na Dica
Uma das lindas paisagens do Cerro Santa Lucia: a parte de trás do Castelo Hidalgo.

11. Feirinha de Santa Lucia

Logo em frente ao Cerro Santa Lucia, atravessando a rua, existe uma feirinha ótima para comprar lembrancinhas e souvenires. É da cultura do Chileno pechinchar…então não se envergonhe em barganhar um descontinho para comprar alguma coisa!

12. Bairro Paris-Londres

Este bairro é um pedacinho da Europa no centro de Santiago. Datado da década de 20, o bairro foi projetado por renomados arquitetos europeus. Este quarteirão onde se cruzam as Calles Paris e Londres é pequeno mas vale a visita!

13. Sky Costanera

O Sky Costanera é o mirante mais alto da América Latina, com uma vista de 360º de Santiago do alto dos seus 300 metros de altura. É possível subir a partir das 10h até as 22h (o último elevador sai às 21h). Para os adultos, o ingresso custa 15 mil pesos e 10 mil pesos para crianças (dos 4 aos 12 anos). É bom escolher um dia ensolarado para visitar o  Sky Costanera!

14. Parque das Esculturas

Este é um museu ao ar livre no bairro Providencia com diversas esculturas de artistas chilenos e de outras nacionalidades.  Embora se assemelhe mais a um parque do que a um museu, ele é cercado por grades e funciona diariamente das 10:00h às 19:00h. É um ótimo passeio para fazer em um dia ensolarado.

15. Concha y Toro

Embora conhecer a  Concha y Toro seja aquela visita que todo turista faz…é uma das vinícolas mais fáceis de ir sozinho (sem contratar agência de viagens). O ambiente é muito agradável, os jardins são lindos, e você pode agendar até tour em português!

Para fazer o passeio até a Concha y Toro por conta própria, basta pegar a Linha 4 (azul escura) na direção Plaza de Puente Alto e descer na estação Las Mercedes. Saia do metrô na direção “Concha y Toro Poniente”, depois pegue um táxi e peça para descer na Concha y Toro. Fácil né?

O tour tradicional sai por $16.000 pesos chilenos e o mais sofisticado se chama Marques de Casa Concha e sai por $25.000 pesos chilenos Em ambos estão incluídos o passeio pelos parques e jardins, pelos vinhedos e pelas bodegas de guarda (entre elas a centenária Casillero del Diablo) e ao final todos ganham uma taça. A diferença entre os dois é que no tour tradicional são degustados dois vinhos e no tour Marques de Casa Concha acontece a degustação de quatro variedades de vinho super premium harmonizadas com queijos finos.

Recomendo que você reserve antes a visita por esse link aqui.

16. Embalse el Yeso

E por último eu deixei o melhor! Este passeio geralmente leva o dia todo… mas o cansaço vale a pena! Você pode procurar diferentes empresas para te levar até o Embalse El Yeso. Quando fui, eu fechei com a Jorge Excursiones. O passeio que eu fiz com o Jorge incluía o Embalse El Yeso, as Termas del Plomo e um trekking até a Laguna Los Patos…e eu gostei muito!

Eu e meu irmão Felipe no meio do trekking até a Laguna Los Patos

Algumas outras empresas fazem passeios diferentes, com piqueniques na beira do Embalse e outros tipos de caminhadas. Não importa qual passeio você escolha, contanto que separe um dia para apreciar a beleza do Embalse el Yeso mais de perto.

Embalse el Yeso em Janeiro de 2018. Imperdível, não é?

Essas foram algumas dicas do que fazer em Santiago do Chile! Gostou do que leu por aqui? Curta nossa página do Viajando na Dica no Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *