O que comer no Mercado Central de Roma

Chegamos a Roma bem na hora do almoço e morrendo de fome. Qual o primeiro pensamento gastronômico de todo mundo na Itália? Que precisa experimentar um autêntico macarrão italiano! Como estávamos na Estação Termini, resolvemos conhecer o Mercado Central de Roma, que funciona por lá desde outubro de 2016. Pedindo informações descobrimos que nosso destino era do outro lado de onde nosso trem nos deixou. Estávamos com malas, mas a maioria das outras pessoas andando por lá também estavam, e não foi difícil passar por toda a extensão do Termini até chegar no nosso destino.

Conhecendo o Mercado Central de Roma

Entrada do Mercado Central de Roma
Entrada do Mercado Central de Roma

Finalmente a hora de comer!

As outras delícias que fomos olhando pelo caminho nos tentaram, mas as massas do Il Ristorantino eram feitas na hora na nossa frente…e não pudemos resistir!

Mercado Central de Roma
O motivo de quase desistirmos de comer macarrão rsrs

Os pratos devem ser pedidos e pagos, por algum motivo, um de cada vez. Eles não falavam inglês ou espanhol, então tive que entender isso em italiano (obviamente por mímicas rs). Imagino o trabalho que uma família de quatro pessoas teria para pagar tudo separado, mas eles devem ter os seus motivos para essa exigência chata (provavelmente para cada comanda chegar na cozinha com apenas uma massa e evitar confusões).

As escolhidas foram um spaghetti alla carbonara e um prato do dia, que era massa ao funghi. O carbonara estava muito gostoso e exatamente como eu imaginava que seria. A massa na Itália é bem al dente, muito fresca e saborosa.

Spaghetti alla carbonara do Mercado Central de Roma
O carborana custou 8 euros.. a porção dava para uma pessoa comer bem, embora na foto não pareça.

O segundo prato era um fettucine com molho vermelho e cogumelos. Confesso que quando pedimos achamos que o macarrão seria ao molho branco com funghi secchi, como aqui no Brasil. Mas apesar de ser diferente, estava uma delícia! Os cogumelos eram carnudos e o prato estava muito bem temperado.

Massa ao funghi no Mercado Central de Roma
A pasta ao funghi era o prato do dia e custou 9 euros.

O Mercado Central de Roma possui ainda várias opções diferentes de sobremesas, pratos salgados, vinhos e até peixes frescos para comprar. Não exploramos muito já que estávamos cansados da viagem…mas vale a ida com calma para aproveitar as opções do lugar.

E você, já visitou o Mercado Central de Roma? Conta pra gente nos comentários!

Site Oficial: http://www.mercatocentrale.it/roma/

Horário de funcionamento: Todos os dias de 8 da manhã até meia noite.

One Reply to “O que comer no Mercado Central de Roma”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *