Vale a pena comprar o Roma Pass?

O Roma Pass é um cartão que serve como passe para algumas atrações e sítios arqueológicos, com direito a utilização ilimitada dos transportes públicos de Roma. Dependendo do seu planejamento e de quantos dias você vai ficar na cidade, pode ser uma boa opção para economizar!

Conhecendo melhor o Roma Pass

Foto do Roma Pass - Vale a pena comprar o Roma Pass?

Você encontra o Roma Pass em duas opções: 48 horas ou 72 horas. Ambas te dão direito ao transporte público e desconto em algumas atrações. O que difere os dois passes, além do tempo de utilização e do preço, é que o de 48 horas inclui a entrada da primeira atração visitada e o de 72 horas inclui a entrada das duas primeiras.

Quanto custa?

O de 48 horas custa € 28 e o de 72 horas custa € 38,50.

Transportes incluídos

Acesso grátis ilimitado aos seguintes meios de transporte dentro da municipalidade de Roma:

– Ônibus
– Metrô A, B, B1 e C
– Tram (Roma-Lido, Roma Flaminio Piazza del Popolo-Viterbo e Roma-Giardinetti)

O que não está incluído

– O Vaticano tem o seu próprio sistema de ingressos, que deve ser comprado separadamente, não estando incluído no Roma Pass.

– Todas as ligações de ou para os Aeroportos Fiumicino e Ciampino não estão incluídas!

O Roma Pass vale a pena?

Com o número de dias que íamos permanecer na cidade e a quantidade de atrações que pretendíamos visitar, eu já tinha decidido que valeria a pena comprar o Roma Pass. Então antes de viajar eu comprei pelo site (www.romapass.it), imprimi a confirmação que recebi por e-mail e apresentei junto com meu passaporte em um dos postos de coleta, no Aeroporto Fiumicino.

A minha primeira atração grátis foi a Galleria Borghese (€15) e a segunda foi o trio Coliseu, Monte Palatino e Fórum Romano (€ 14). Caso eu comprasse, além das atrações avulsas, um bilhete de transporte ilimitado para três dias (€ 16,50), eu teria gasto € 45,50.

Além disso, pegar menos fila nas atrações é uma bela vantagem para quem dispõe de pouco tempo para conhecer a cidade. No Coliseu, Castelo Sant’Angelo e Museu capitolino, quem possui o Roma Pass vai direto para a fila de checagem de segurança.

A fila de verificação de segurança do Coliseu é grande até mesmo para quem está com o Roma Pass; mas ter que pegar, além disso, a fila da bilheteria antes da checagem seria muito tempo perdido.

Sem contar que várias outras atrações oferecem um desconto para quem possui o Roma Pass, como o Museu Capitolino ou as Termas de Caracalla.

No final das contas o Roma Pass vale a pena!

Mais informações

O cartão chega em uma embalagem bonitinha que contém o cartão, um mapa de Roma e um guia de todas as atrações e eventos que fazem parte do Roma Pass.

Você deve preencher o verso com o seu nome, sobrenome e data da primeira utilização. O Cartão é validado no momento da primeira utilização (em museus ou meios de transporte). Ou seja, se você comprou um passe de 48 horas e visitou o coliseu numa segunda às 10 da manhã, o seu passe será válido até às 10 da manhã de quarta-feira.

Onde comprar

  • No site www.romapass.it 
  • Pelo telefone  +39 060608
  • Nos próprios museus ou nos pontos de informação aos turistas – PIT
  • Bilheterias do metrô
  • Bilheterias da Trenitalia e FrecciaClub

3 Replies to “Vale a pena comprar o Roma Pass?

  1. Pingback: Viajando na Dica

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *